Made in Pernambuco: Howay e seu Original SkaMangueStyle

Última atualização:

Foi em 2006, há 14 anos atrás que surgiu a banda que, na época, se chamaria Noway, inspirada na americana NOFX. Após uma apresentação, o “N” foi confundido com “H” durante a chamada e assim nasceu, de fato, a Howay. Do início de sua estrada até aqui, o grupo contou com diversas formações, sendo a atual composta por: Augusto Quijano (vocal e guitarra), Sávio Ferraz (baixo), Pedro Moraes (trompete e voz), Mário Menezes (trombone e voz).

Durante sua trajetória já transitaram por diversos gêneros, dentre eles o hardcore e o rock. Foi apenas em 2010, com Estresse Diário, que começou o flerte com o ska punk. a composição despertou em Bira Maciel (ex guitarrista e fundador da banda), a vontade de adicionar os metais à Howay. “Não consigo de fato rotular o nosso estilo, pois como músico estou sempre em busca de autenticidade no nosso trabalho , mas o ska tornou-se parte de nós”, disse Quijano.

Pernambuco é um celeiro de bons músicos e boa música:

“É um estado que está emanando coisas novas e boas ideias, seja na música ou qualquer outro formato de arte. Então nós temos o privilégio de ter nascido em um lugar em que a música é bem plural, desde a época do manguebeat, da escola de Chico e toda a galera que formou o movimento. E com passar dos anos a gente vê outras bandas do movimento pró mangue, dessa nova geração e a gente tem realmente o privilégio de saber de toda essa mistura que acontece“, ressalta. Foi a partir desse ciclo de inspirações que surgiu grande parte do trabalho da Howay. No EP Arrebate (2017) já é possível notar alguns dos traços da influência pernambucana no grupo.

Nem tudo são flores:

Foi o que disse o vocalista quando perguntado à respeito das experiências de compartilhar o palco com nomes já consagrados como Pitty, Raimundos e Detonautas “É legal fazer esses shows com artistas consagrados porquê são shows com uma estrutura maior e esse lado de tocar para um público que talvez nunca tenha visto você. Contudo, tem muitas propostas em shows que não são fáceis. Artistas que tem uma carapuça, mas não são tão amigáveis quanto se imagina. Produções que não tratam o artista local tão bem quanto deveria e várias outras coisas. Tudo tem seu lado bom e ruim. De qualquer jeito, vale muito a pena por ser outro tipo de experiência e também pelo fato de que o Ska não é uma coisa muito conhecida no Brasil.”

O Afinco:

O projeto Howay+ adicionou o toque tropical do ska e do regional a clássicos que vão de Luiz Gonzaga a Michael Jackson. Foi em paralelo a ele que surgiu a ideia de produzir o Afinco, novo EP do grupo.Com essa pegada foi que a gente viu que a mistureba com o regional está sempre muito entranhada com a gente. Foi um processo de alguns meses de trabalho, foi também um grande aprendizado conseguir mesclar os elementos regionais como maracatu, frevo e arrasta-pé ao hardcore e o ska“.

O trabalho contou com o percussionista Max Matias, além da co-produção de Buguinha dub, conhecido por seus trabalhos realizados com gigantes pernambucanos como Nação Zumbi, Mundo Livre S/A, Otto, entre outros. Sobre o processo criativo, Quijano diz que as ideias muitas vezes vem de uma sacada, ou simplesmente de acontecimentos do dia a dia “Foi voltando de um trabalho que eu fui fazer no interior,  eu tava no carro escutando Luiz Gonzaga  quando surgiu a ideia de O Filme da Sua Vida que é uma mistura de ska com arrasta-pé tanto as letras quanto as bases partem de inspirações do cotidiano mesmo” 

O filme da sua vida faz parte do EP afinco e já está disponível em todas as plataformas digitais. Acompanhe o trabalho do artista! @Howayoficial.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Foto: Reprodução/Divulgação
Lady Gaga e a estrada dos tijolos amarelos para Chromatica